Páginas

APELO AO MESTRE KUTHUMI PARA MANIFESTAR-SE A SABEDORIA EM NOSSAS VIDAS.

 

APELO AO MESTRE  KUTHUMI PARA MANIFESTAR-SE A SABEDORIA EM

NOSSAS VIDAS.

Bem-Amado Kuthumi,

Mestre da Sabedoria e do Amor:

Ajudai-me a manifestar

A sabedoria em meu coração;

Guiai-me nesta sublime aspiração;

Deixai que os conhecimentos cósmicos

Cheguem até mim,

"EU SOU" uma Ponte de Luz

Na extremidade terrena;

Vós sois a outra,

Nas oitavas de Luz;

Peço um intercâmbio:

Que Vossa gloriosa Luz 

Possa chegar até mim e inundar minha vida!

Bendita seja

Vossa flamejante Luz Dourada.

Amém. 



PRECE DO BEM-AMADO KUTHUMI

(Em Sua encarnação como São Francisco de Assis)

Senhor, fazei-me instrumento de Vossa Paz,

Onde haja ódio,

consenti que eu semeie o amor;

perdão, onde haja injúria;

fé, onde haja dúvida;

esperança, onde haja desespero;

luz, onde haja escuridão;

alegria, onde haja tristeza!

Ó Divino Mestre!

Permiti que eu não procure

tanto ser consolado, quanto consolar;

ser compreendido, quanto compreender;

ser amado, quanto amar;

porque é dando que recebemos;

perdoando, que somos perdoados;

E é morrendo que nascemos para a Vida Eterna.

Amém.

Invocação A luz Ponte Para A LIBERDADE

Por ElzaSoaresyoga https://www.sintoniacomaluz.com.br/

Afra - O Mestre Ascenso patrocinador da raça negra

Afra - O Mestre Ascenso patrocinador da raça negra


  Afra - O Mestre Ascenso patrocinador da raça negra

Por Elizabeth Clare-Prophet

Editora: Summit Lighthouse do Brasil


Há muito tempo, Afra ofereceu a Deus seu nome e prestigio, com o intuito de patrocinar um vasto continente e um povo poderoso.

Esse continente é a África.

Afra foi o primeiro membro da raça negra a fazer a ascensão.

Ele retornou para Deus, reunindo-se com a chama ao final de uma vida de devoção e serviço.

Quando ascendeu, pediu para ser conhecido simplesmente como “um irmão” - frater em latim. Assim, “um frater” tornou-se a palavra “Afra”.

O continente africano recebeu o seu nome - Afra.

Ele é o patrono da África e também da raça negra.

Há muito tempo, a rapa fazia parte do que então era conhecido como as raças azul ou violeta - porque sua pele tem um tom sutilmente azul ou violeta.

Essas almas viviam em uma civilização espiritualmente avançada que existiu no continente africano.

Afra viveu há 500 mil anos em uma antiga civilização que existiu no continente à qual hoje chamamos de África.

Naquela época, o povo daquela terra havia chegado a uma encruzilhada.

Anjos caídos e forças das trevas invadiram o planeta Terra e estavam separando as pessoas, colocando irmãos contra irmãos.

Percebendo a situação difícil de seu povo, Afra encarnou entre ele para procurar salvá-lo.

Primeiro, tentou descobrir qual o traço de caráter que lhe faltava, que ele percebia ser seu tendão de Aquiles.


Ele identificou o ponto de vulnerabilidade como a sua falta de fraternidade: eles seguiam o exemplo de Caim, em vez do exemplo de Abel.


Afra sabia que muitas pessoas do seu povo haviam perdido a chama trina, assim como muitas pessoas hoje a estão perdendo pela expressão da raiva e da discórdia.

Ele bem sabia que, para reacender essa chama, eles precisariam seguir a senda da fraternidade.


Precisariam cuidar uns dos outros de forma totalmente caridosa, com profundo amor originado no Espírito Santo, como um raio gerado diretamente do coração de Deus.


E a única forma de conseguir ensiná-los a ser um irmão para com seu próximo foi ser ele mesmo um irmão para todos.

E foi o que fez. 

Por ser esse exemplo, ele foi crucificado pelo seu próprio povo.

Infelizmente, é o que frequentemente acontece no mundo - o irmão não reconhece o próprio irmão.

Pelo contrário, as pessoas se determinam a destruir o exemplo da senda de cristicidade e, por isso, as pessoas procuraram destruí-lo.

Afra foi o Cristo em meio ao seu povo, mas eles não o conheceram.

Estavam cegos pela ânsia de poder, buscavam o poder humano e o poder dos anjos caídos.

Rejeitado por seu povo, Afra saiu de cena.

Voltou ao coração de Deus no ritual da ascensão, tornando-se o mestre ascenso que hoje conhecemos simplesmente como Afra, nosso irmão da luz.

Na união da fraternidade, todos os povos reunidos, não importando a sua raça ou origem, podem afirmar junto com o mestre Afra:

Afirmação para a Fraternidade

Eu caminho nas pegadas de Afra

EU SOU irmão e Irma de todos

Eu conforto, eu consolo

EU SOU verdadeiro para comigo mesmo e para com o meu Deus

Eu trago a honra de Deus no meu coração

Eu entro na união mística com o Espírito Santo

EU SOU um com o Príncipe da Paz

Caminharei no Espírito deste dia em diante

Porque este é o dia da minha vitória

Esta é a minha hora e o poder da luz

Eu levarei o meu povo até o trono da gloria

Receba-me agora, ó Deus!


Título: Afra - O Mestre Ascenso patrocinador da raça negra

Autor: Elizabeth Clare-Prophet Páginas: 70

Editora: Summit Lighthouse do Brasil - http://www.summit.org.br/

©2016 Solange Christtine Ventura

http://www.curaeascesao.com.br

Obrigado por incluir o link do website quando compartilhar esta Mensagem com outros.

por Elzasoaresyoga .https://www.sintoniacomaluz.com.br/       




Outubro O perdão é força poderosa.



O perdão é uma força poderosa.


 O perdão é uma força poderosa que carrega as vibrações do Sétimo Raio e que deve ser utilizada em todas as situações, para libertá-lo de toda condição negativa ou laço cármico que possa ser criado. 

Seja na relação com as pessoas ou com os elementais da natureza (minerais, vegetais e animais), é importante exercitar o perdão diariamente. 

Não deixe que nenhuma condição ou situação fique mal resolvida ou aprisionada.

 Liberte-se e liberte os seus irmãos que estejam envolvidos nessa situação. 

Trabalhe o perdão, estendendo-o a seus pais, amigos, irmãos , cônjuge ou ex-cônjuge, filhos,

colegas, vizinhos, chefes ou ex-chefes. 

E a todos que você de alguma forma se relacionar e tiver alguma questão mal resolvida. Perdoe, peça perdão e se perdoe pelos erros do passado e não se martirizando por eles.

O importante é libertar-se completamente do passado, pois enquanto se sentir culpado, está preso ao fato ou às pessoas envolvidas e andando em círculos. 

Deixe o passado para trás, fixe sua atenção somente no presente; não adianta ficar remoendo o passado ou revivendo situações negativas e imperfeitas,

 pois desta forma você traz a energia do passado para o presente e contamina sua aura com essas impurezas. 

Saint Germain reforça a importância de concentrar-se no aqui e agora, pois somente no presente você tem o poder de transformação e libertação; não importa o que já passou se agora você tem o poder de transformação e libertação; agora você pode modificar qualquer coisa e libertar-se de dores, 

sofrimentos e prisões. 

Está ao seu alcance modificar o presente, para que o futuro também seja diferente; mesmo que você tenha sofrido com pessoas ou com circunstâncias de vida, já passou.

Agora tudo pode ser completamente diferente, por isso perdoe ou peça perdão e recomece; 

escreva uma nova história para a sua vida a partir deste momento, do aqui e do agora; 

veja todas as condições e os recursos disponíveis que estão ao seu alcance e faça uso deles. 

Visualize a Luz Violeta descendo sobre você e repita o mantra do Perdão e da Misericórdia Divina: 

EU SOU o Perdão e a Misericórdia Divina fluindo sobre meu corpo físico. 

Eu peço perdão a todos os músculos, ossos, órgãos, células, átomos e elétrons do meu corpo físico, 

bem como aos construtores de forma que o criaram e o sustentam, por toda limitação que eu criei e impregnei neste corpo. 

EU SOU o Perdão e a Misericórdia Divina fluindo sobre meu corpo emocional

dissolvendo todas as emoções e sentimentos negativos 

como medo, raiva, tristeza, egoísmo, ansiedade, angústia, irritabilidade, 

intolerância, ressentimento, rancor, avareza e outras energias limitantes. 


EU SOU o Perdão e a Misericórdia Divina fluindo sobre o meu corpo mental, 

dissolvendo todos os pensamentos, palavras, formas-pensamentos, crenças, paradigmas,

 conceitos e valores limitantes e negativos. 


EU SOU o Perdão e a Misericórdia Divina fluindo sobre a periferia do meu corpo causal 

e consumindo todos os carmas que eu criei no passado. 


Eu peço perdão por toda ignorância, inconsciência e limitação da minha personalidade 

em cada encarnação e eu perdoo a todos os seres que tenham me causado algum mal no passado,

 me libertando e libertando todos os meus irmãos de qualquer criação impura. 

EU SOU o Perdão e a Misericórdia Divina atuando em todas as condições nocivas 

e imperfeitas que eu criei e eu invoco essa energia 

para que seja irradiada em toda a humanidade e em todo o planeta Terra. 

Eu invoco a Presença Divina em cada homem para que permita que todos recebam o Perdão 

e a Misericórdia de Deus e sejam libertados neste momento e assim permaneçam por toda a eternidade. 

EU SOU! EU SOU! EU SOU! E eu vos agradeço, ó Bem Amada Presença Divina.

do livro Saint Germain 

Visualize a Luz Violeta descendo sobre você e repita o mantra do Perdão e da Misericórdia Divina: 

por ElzaSoaresyoga

http://www.sintoniacomaluz.com.br

O Iluminado


San German.

Postagens mais visitadas

Postagens mais visitadas

Postagens mais visitadas

Arcanjo MIGUEL

Arcanjo MIGUEL

Postagens mais visitadas

O iluminado!

O iluminado!

Os chakra

Buda

Marcadores