Oração do professor de yoga


Oração do Professor de Yoga

Senhor! Que eu possa fazer de minha aula uma poesia!
Não para que me chamem de poeta e achem que digo palavras lindas...Mas porque a poesia é uma forma de orar!
Faze com que eu possa fazer de minha aula uma oração!
Não para que achem minha voz melodiosa, meu ritmo perfeito...Mas porque a canção, com sua harmonia, será uma maneira de rezar!
Não para que digam que sei reger, que obedecem a meus gestos...Mas para que várias vozes, pronunciando “mantrans” ao mesmo instante busquem e encontrem a harmonia universal!Senhor! Faze com que eu possa dar na minha aula uma voz de comando!
Não de comando rígido, cruel, frio, de quem manda por mandar...Mas para que possa, ao ser ouvido, conseguir com que façam um relaxamento profundo um “mergulho na paz”!
Senhor! Que eu possa fazer da aula um apostolado...Não para que me atribuam santidade e me Dai-me, Senhor, o dom de ensinar, Dai-me esta graça que vem do amor. 
Mas, antes do ensinar, Senhor, Dai-me o dom de aprender. 
Dai-me, Senhor, a sabedoria do aprender Deixai-me ensinar para distribuir a sabedoria do amor.
louvem...Mas que eu possa despertar nos alunos o “Karma Yoga”, a vontade de agir em nome de Deus!Senhor! Que eu possa fazer da minha aula um instante de silêncio e de sabedoria!
Não para que eu possa demonstrar inteligência, mas para que assimile a verdade Interna, que vem de Ti!
Que eu possa, Senhor, fazer de minha aula um momento de humildade,“uma pausa para a meditação”...não para parecer modesta, mas para que juntos, cheguemos à conclusão de que nada somos sem Ti, e muito poderemos com a tua ajuda!Que eu possa na minha aula propagar o “amar-nos uns aos outros”...Não por demagogia, porque isso é lindo...Mas para incutir realmente em nossos corações o desejo de servir!
Que eu possa, Senhor, fazer na minha sala de aula um elogio à Natureza...Não para falar em flores, em campos, em céus, em mares, em ar puro...Mas para que sintam o valor da boa respiração Para que vibrem, para que vejam em tudo o Criador!
Finalmente, Senhor:Que com poesia, canção, balé, coral, pulso firme, apostolado, sabedoria, humildade, meditação, amor ao próximo e à Natureza,e Tua presença sempre entre nós,eu possa fazer da minha aula uma oração!
Que assim seja Namastê



Aprender a ensinar Aprender o amor de ensinar. 

Que o meu ensinar seja simples, humano e alegre, como o amor. 

De aprender sempre. 

Que eu persevere mais no aprender do que no ensinar. 

Que minha sabedoria ilumine e não apenas brilhe Que o meu saber não domine ninguém, mas leve à verdade. 

Que meus conhecimentos não produzam orgulho, Mas cresçam e se abasteçam da humildade. 

Que minhas palavras não firam e nem sejam dissimuladas, Mas animem as faces de quem procura a luz. 

Que a minha voz seja  da  paz amor alegria e o dom da boa palavra  
Que eu aprenda que quem não me entende Precisa ainda mais de mim, E que nunca lhe destine a presunção de ser melhor. 

Dai-me, Senhor, também a sabedoria do desaprender, Para que eu possa trazer o novo, a esperança, E não ser um perpetuador das desilusões.
 Que a minha voz nunca assuste, Mas seja a pregação da esperança. 
Que assim seja Namastê retirada da internet
fonte- retirada da internet

Nenhum comentário:

Marcadores