OS SINAIS DE UM YOGUE

OS SINAIS DE UM IOGUE


"Aquele que não odeia ninguém, que é amigo de todos, que se compadece de todos, que não possui nada de seu, que está livre do egoísmo,
 que tem a mesma mente na dor e no prazer, que sempre perdoa, que está sempre satisfeito,
que trabalha sempre na Ioga, cujo ser se tornou controlado, cuja vontade é firme,
cuja mente e intelecto foram dedicadas a Mim, este é Meu amado Bhakta (devoto).
 Aquele que não incomoda a ninguém, que não pode ser perturbado pelos outros, que é isento de alegria, raiva, medo e ansiedade, este é o meu Amado.
 Aquele que não depende de nada, que é puro e ativo, que não faz diferença se vem o bem ou o mal, e nunca fica infeliz, que desistiu de todos esforços para si mesmo;
 aquele que é o mesmo no elogio ou na censura, dotado de mente silenciosa e pensativa, abençoado pelo pouco que possa receber em seu caminho, sem lar, pois o mundo todo é seu lar e que é firme em seus ideais, tal homem é o Meu amado Bhakta." Estes, somente, tornam-se iogues. (I., 193)

Nenhum comentário:

Marcadores