A chama violeta Saint Germain


A chama violeta é a essência de um dos “sete raios”.
Como um raio de sol passando através de um prisma é refratado nas sete cores do arco-íris, assim também a luz se manifesta nos sete raios.

Cada raio tem uma cor, frequência e qualidade específica da consciência de Deus.
O raio violeta é conhecido como o sétimo raio. Quando você o invoca, em nome de Deus, ele desce como um raio de energia espiritual, explodindo numa chama espiritual, em seu coração, com as qualidades de misericórdia, perdão, justiça, liberdade e transmutação.

Saint Germain é conhecido como o Senhor do Sétimo Raio. Cada vez que oramos para ele, ele nos envia inúmeras dádivas do Espírito – alegria, diplomacia e criatividade. Ele pode inspirar-nos com as suas inovações na ciência, na literatura, na religião, no governo, na filosofia, na educação, na cura, na alquimia e em outros campos.
Por quase setenta anos, Saint Germain

têm-nos preparado para entrar na era de Aquário, na era da paz, da liberdade e da iluminação. Apareceu para Guy Ballard no início de 1930, dando-lhe o primeiro ensinamento sobre a chama violeta.

A atuação da chama violeta se assemelha à do sabão. O sabão limpa a sujeira de nossas roupas pelo uso das cargas negativas e positivas dos átomos. Isso porque cada uma de suas moléculas tem dois lados: um lado que é atraído pela sujeira e um lado que é atraído pela água. O lado que prefere a sujeira atrai a sujeira, como um imã atrai um clipe de papel, arrastando-o para fora de sua caixa. 
O lado que prefere a água fixa-se na água, carregando a sujeira com ela.

Quando invocamos a chama violeta, cria-se uma polaridade entre o núcleo do átomo e o núcleo de fogo branco da chama. O núcleo do átomo, sendo matéria, assume o pólo negativo; o núcleo de fogo branco da chama violeta, sendo espírito, assume o pólo positivo.

A interação entre o núcleo do átomo e da luz na chama violeta estabelece uma oscilação. Essa oscilação desaloja as densidades enredadas entre os elétrons que orbitam ao redor do núcleo. Assim que essa substância pesada que sobrecarrega o átomo se solta, é lançada na chama violeta e levada embora.
Mas, diversamente do sabão, a chama violeta não só envolve e remove os escombros; ela os transforma em pura energia de luz. Libertos dos escombros, os elétrons começam a mover-se livremente, elevando, portanto, a nossa vibração e propelindo-nos para um estado mais espiritual de ser.
Elizabeth Clare Prophet

Nenhum comentário:

Marcadores