Quando Jesus disse “Eu Sou a ressurreição e a Vida”


O Livro de Ouro de Saint Germain
7
Capítulo Segundo
Deus Ativo
Quando Jesus disse “Eu Sou a ressurreição e a Vida”, emitiu uma das maiores expressões
que se pode fazer.
Quando Ele disse EU SOU, não se referiu à expressão exterior, mas à Magna Presença de
Deus Interior, porque disse, repetidamente: “Eu de meu próprio ser não posso fazer nada. É
o Pai Nosso, o Eu Sou que faz as obras”.
Também disse Jesus: “EU SOU o Caminho, a Verdade e a Vida”, reconhecendo, assim, o
Único Poder, Deus em Ação dentro d´Ele.
Também disse “EU SOU a Luz que ilumina cada homem que vem ao mundo”, anunciando,
em cada sentença, a importância vital com as palavras “EU SOU”. Uma das formas mais
poderosas de liberar o Poder de Deus, Amor, Sabedoria, Verdade, é coloca-lo em ação na
experiência exterior, é colocar essa declaração “EU SOU” em tudo e em qualquer coisa que
se deseje.
Agora vamos nos referir à frase mais poderosa de todas, talvez uma das maiores que tenha
sido lançada à experiência exterior, por meio da palavra. “EU SOU A PORTA ABERTA
QUE NENHUM HOMEM PODE FECHAR”. Vede quão importante é isto? Quando
chegardes a compreender essas afirmações magnas, vos dareis conta, então, da grandeza de
seu alcance.
Quando reconhecerdes e aceitardes, plenamente, o “Eu Sou” como magna Presença de
Deus em vós, em ação, tereis dado um dos maiores passos para a vossa libertação.
Prestai bem atenção na afirmação “EU SOU A PORTA ABERTA QUE NENHUM
HOMEM PODE FECHAR”. Se puderdes realiza-la, tereis a chave que vós permitirá
atravessar o véu da carne, e, levando convosco toda a consciência imperfeita que tenhais

acumulado, podereis transmutar e elevá-la a essa perfeição na qual entrastes.
Nunca será demais ponderar a importância de meditar no Eu Sou o maior tempo possível,
como sendo a Grande Presença de Deus em vós, em vosso lar, em vosso mundo, e em
vossos assuntos. Cada respiração é Deus em Ação em vós. O Poder de expressar vosso
pensamento, vosso sentimento, é Deus ativo em vós. Como tendes livre-arbítrio, é assunto
vosso qualificar a energia que projetareis em pensamento e sentimento, determinando como
querei que atuem em vós.
Ninguém pode perguntar: Como é que faço para qualificar esta energia? Todo mundo
conhece o destrutivo e o construtivo no pensamento, sentimento em ação.
O estudante, ao receber esta instrução, deve constantemente analisar o motivo que o impele
a detectar se há algum sentimento de orgulho intelectual, de arrogância ou de teimosia na
mente e corpo exterior. Se houver algum desejo de discutir ou provar que a instrução está
errada, em lugar de receber a Bênção e a Verdade, o indivíduo fecha, inconscientemente, a
porta, e, naquele momento, anulou sua habilidade em receber o bem oferecido.
Também quero lembrar aos discípulos, que, não obstante as opiniões pessoais a respeito do
que deve ser a verdade, Eu comprovei, através de muitos séculos, estas instruções que
agora estou dando. Se quiserdes receber o maior benefício possível e obter a compreensão,
que dá a absoluta liberação, tereis que ouvir com uma mente inteiramente aberta, com a
consciência de que “Eu Sou” é a ativa Presença de Deus em vós. É vossa a escolha de
receber, aceitar e aplicar, sem limitações, a instrução que está sendo dada, acompanhada
texto do 
O Livro de Ouro de Saint Germain.

Nenhum comentário:

Marcadores