Pai de graça infinita abençoe a natureza. Francisco Xavier

                             A ti, nosso eterno preito


 Ó Terra – mãe devotada,
A ti, nosso eterno preito
De gratidão, de respeito,
Na vida espiritual!
Que o Pai de graça infinita
Te santifique a grandeza
E abençoe a natureza
Do teu seio maternal!

Agradecemos-te a bênção
Da vida que nos emprestas;
Teus rios, tuas florestas,
Teus horizontes de anil,
Tuas árvores augustas,
Tuas cidades frementes,
Tuas flores inocentes
Do campo primaveril!...

Agradecemos-te as dores
Que, generosa, nos deste,
Para a jornada celeste
Na montanha de ascensão.
Pelas lágrimas pungentes,
Pelos pungentes espinhos,
Pelas pedras dos caminhos:
Nosso amor e gratidão!


do  livro : Obreiros da Vida Eterna -
Francisco Cândido Xavier  - pelo Espírito André Luiz.


Nenhum comentário: