Quem ama nada exige.


Quem ama nada exige.
Perdoa sem traçar condições.
Sabe sacrificar-se pela felicidade alheia.
Renuncia com alegria ao que mais deseja.
Não espera reconhecimento.
Serve sem cansaço.
Apaga-se para que outros brilhem.
Silencia as aflições, ocultando as próprias lágrimas.
Retribui o mal com o bem.
É sempre o mesmo em qualquer situação.
Vive para ser útil aos semelhantes.
Agradece a cruz que leva sobre os ombros.
Fala esclarecendo e ouve compreendendo.
Crê na verdade e procura ser justo.
Quem ama, qual o samaritano anônimo da parábola do Mestre,
levanta os caídos da estrada, balsamiza-lhes as chagas, abraça-os
fraternalmente e segue adiante…
( Francisco Cândido Xavier; Carlos A. Baccelli. Da obra: Brilhe Vossa Luz. Ditado pelo Espírito Alexandre de Jesus.)
por elza soare.
''Namaste''

Nenhum comentário:

Marcadores