Babosa conhecida como Aloe Vera Ação curativa

Aloe  é regenerador celular
 Aloe Vera, também conhecida como babosa, é uma planta da família das Liláceas que possui inúmeras propriedades regeneradoras, curativas, umectantes, lubrificantes e nutritivas. Chamada de “a planta da saúde e beleza”, tem seu uso documentado desde a época do antigo Egito por personagens como Cleópatra, que não dispensava seu uso constante como mantenedora de sua beleza, com passagens na Bíblia e antigos documentos Fenícios. Alexandre, O Grande, sempre levava um suplemento dessa maravilhosa planta em suas batalhas para uso na cicatrização dos ferimentos de seus soldados.  A Aloe é um produto natural que é absorvido facilmente pelo organismo, e se obtém grandes resultados tomando pequenas quantidades. Apoiado por provas de laboratórios, experiências químicas, estudos e pesquisas durante anos, chegou-se às seguintes propriedades:
Ação Antiinflamatória : Um dos principais motivos pelos quais se conhece a Aloe Vera é seu grande poder de aliviar a dor. A explicação é simples - a Aloe Vera penetra nas camadas profundas da pele, tranqüiliza os nervos e reduz a inflamação. Tem uma ação similar à dos esteróides, como a cortisona, mas sem seus efeitos nocivos colaterais. Por isso é útil nos problemas de bursites, artrites, reumatismos, lesões, golpes, mordidas de insetos, etc. A Aloe penetra nas enzimas que causam a inflamação, combatendo e fazendo com que a inflamação não se estenda.

Ação desintoxicante e digestiva: Devido ao potássio, ela melhora e estimula o fígado e os rins, que são os principais órgãos de desintoxicação. A Aloe permite que o organismo elimine o colesterol, limpando e purificando o sangue no fígado. Ela também contém ácido urônico, que elimina as toxinas em nível celular, até mesmo as toxinas procedentes do ar que respiramos e dos alimentos que consumimos (cheios de agrotóxicos e adubos químicos). Se sofremos de transtornos intestinais ou digestivos, a Aloe também atua de forma intensa, pois possui grande quantidade de enzimas, principalmente as que não são produzidas pelo organismo, muito necessárias à correta digestão e proteção do aparelho digestivo; dessa forma, os alimentos podem ser devidamente transformados e absorvidos pelo intestino, sendo levados à corrente sanguínea de forma eficaz. Por isso, a Aloe Vera é conhecida como planta curativa, porque proporciona ao corpo o mecanismo necessário para sua melhora ou para a prevenção de enfermidades.


Ação coagulante, queratolítica e reidratante da pele e tecidos: Devido ao alto conteúdo de cálcio e potássio, quando aplicada em cortes, feridas - mesmo as internas - e queimaduras, penetra na pele e restitui os fluidos, sem impedir que a oxigenação chegue até a ferida, acelerando o processo de cura e reduzindo o tamanho da cicatriz. O cálcio é um elemento muito importante para o bom funcionamento do sistema nervoso e para a ação muscular, sendo um grande catalizador em todo o processo de cicatrização. Além disso, pela a ação queratolítica, a Aloe penetra profundamente na pele, restituindo os líquidos perdidos e permitindo que a pele danificada se desprenda, havendo uma renovação de tecidos e células novas, permitindo que exista também um maior fluxo sanguíneo através de veias e artérias, livrando-as de pequenos coágulos. Muito útil no tratamento de queimaduras, tanto as ocasionadas por fogo, por radiação ou pelo sol.

Ação antibiótica : A capacidade bactericida e antivirótica elimina bactérias que causam infecções, atuando também na sua prevenção.

Ação Nutritiva : Uma das principais qualidades da Aloe Vera é ser um estimulante do crescimento celular. A Aloe é um regenerador celular e possui um hormônio que acelera a formação e o crescimento de células novas, operando maravilhosamente em casos de tratamento de câncer. Por exemplo: em um corte, a Aloe penetra na ferida e a fecha de dentro para fora. Os hospitais nos EUA que utilizam Aloe estão obtendo um tempo de cura até 50% mais rápido que os outros. Ela é muito utilizada nas terapias de câncer, quimioterapia e radioterapia. Os pacientes que usam Aloe Vera normalmente não apresentam perda de cabelo, não ficam doentes durante as terapias e respondem muito mais rápido ao tratamento.

Ação Energética : Uma de suas características é que contém 19 aminoácidos essenciais, necessários para a formação e estruturação das proteínas, que são a base das células e tecidos, e também minerais como cálcio, fósforo, cobre, ferro, manganês, potássio, magnésio e sódio, todos elementos indispensáveis para o bom funcionamento do metabolismo e atividade celular, ajudando na produção de energia. Se a tomamos diariamente temos menos necessidade de dormir. Além disso, devido à Vitamina C, ela produz uma ação que melhora e estimula a circulação e o bom funcionamento do aparelho cardiovascular, além de contribuir para o fortalecimento do sistema imunológico.

Ação Transportadora : A aloe é um veículo perfeito para transportar profundamente para dentro da pele outras substâncias ou elementos aos quais está combinada. Esta é a razão pela qual existem vários produtos cosméticos e medicinais misturados com Aloe.

Para que a Aloe atue da melhor forma, ela deve fundamentalmente ser da espécie Barbadensis (das 250 espécies que existem, é a que deve ser utilizada, pois é a que possui maior poder medicinal); deve ter no mínimo 4 anos; tem que crescer em solo apropriado; tem que ser corretamente estabilizada.

"Vocês me perguntam quais eram as forças secretas que me sustentavam durante minhas longas jornadas. Bem, foi a minha inabalável fé em Deus, meu simples e moderado estilo de vida, e a Aloe, cujos benefícios eu descobri quando cheguei à África no final do século XIX."   Mahatma Gandhi

Nenhum comentário: